sábado, 24 de julho de 2010

Tumulto na Love Parade na Alemanha deixa 15 mortos

Segundo a polícia, superlotação nos portões de entrada causou a tragédia
Participantes em pânico tentam deixar a área ocupada pela Loveparade. Segundo a polícia, dez pessoas foram mortas no tumulto
Participantes em pânico tentam deixar a área ocupada pela Loveparade. Segundo a polícia, dez pessoas foram mortas no tumulto (Hermann J. Knippertz/AP)

Outras dez pessoas tiveram que ser reanimadas e uma centena ficou levemente ferida

Pelo menos 15 pessoas morreram pisoteadas e dez ficaram gravemente feridas durante a Love Parade, festa de música eletrônica que reuniu mais de um milhão de pessoas em Duisburgo, oeste da Alemanha.

A chanceler alemã, Angela Merkel, declarou-se atônita com o episódio: "Nestes momentos difíceis, meu pensamento está com os familiares e as vítimas. Expresso minha simpatia e minhas condolências".

As autoridades informam que nove mortos são mulheres e seis são homens. Outras dez pessoas tiveram de ser reanimadas. Uma centena de participantes ficou levemente ferida durante o incidente, que ocorreu em um túnel que dá acesso ao local da festa, o terreno de uma antiga estação de trens cargueiros. Entretanto, no início da noite deste sábado, as razões do tumulto ainda eram desconhecidas.
Segundo os organizadores, 1,4 milhão de pessoas participaram do evento, que ocorre quase todos os anos.
Em vez de interromper a festa imediatamente, os responsáveis pelo evento optaram por abrir as grades em volta do terreno antes de divulgar o ocorrido para evitar o pânico generalizado. Por isso, milhares de pessoas continuavam dançando e ouvindo música mais de uma hora depois do incidente.

As emissoras de TV mostravam imagens de um túnel com dezenas de ambulâncias e uma fila de jovens que deixavam o local sem precipitação. Muitos caminhavam sobre a estrada de ferro e o tráfego ferroviário na estação de Duisburgo teve de ser interrompido.
De acordo com relato de Udo Sandhöfer, uma das testemunhas da tragédia, uma multidão estava no túnel. Muitas pessoas caíram e foram pisoteadas. "Alguns estavam no chão, enquanto outros tentavam escalar as paredes", contou. "Alguns policiais e socorristas tentaram entrar no túnel, mas estava cheio demais".

A Love Parade foi criada em Berlim em 1989, com a participação de 150 pessoas, e desde então foi copiada por toda a Europa. Em 2007, a festa de música eletrônica deixou a capital e se instalou na região do Ruhr: foi organizada em Essen, em 2007, em Dortmundo, em 2008. A edição de 2009 estava prevista para Bochum, mas teve de ser cancelada por causa das obras na cidade.

Via VEJA

Nenhum comentário:

Postar um comentário