segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Lobão lança biografia no livro “50 Anos a Mil” e disponibiliza músicas inéditas para download.

“Preparem-se porque, a partir de agora, vou contar uma história de amor louca, insólita, humana, demasiadamente humana, imprevisível, improvável, mas bem real: a história da minha vida, que se mescla e se confunde com a da minha geração, do nosso país e de nosso tempo.”

Lobão

Um dos ícones da rebeldia brasileira da década de 80, Lobão ganha uma biografia “escrita a quatro mãos” por ele em parceria com o jornalista Claudio Tognolli. “50 Anos a Mil” foi considerado o maior livro já escrito sobre um roqueiro brasileiro. Tem 752 páginas e foi lançado pela editora Nova Fronteira.

Os dois autores compartilham experiências: acumulam muitos processos na bagagem, gostam de rock’n roll e sabem o poder que a mídia e a justiça têm sobre a imagem das pessoas. E foi assim que começou a parceria que deu vida ao livro. Claudio Tognolli é um dos maiores jornalistas investigativos do país. Lobão sabia que, para que sua biografia fosse real o suficiente, precisaria de alguém que soubesse fazer uma boa pesquisa.

Tognolli, que tem formação em psicanálise, aproveita a publicação para fazer um “estudo” sobre as aventuras de Lobão, que vai desde parcerias clássicas a trocas de tiros com a polícia e envolvimento com traficantes dentro da cadeia.

Entre as diversas situações relatadas no livro, uma das mais chocantes está no início; Lobão narra suas sensações durante o velório de um de seus maiores amigos, o jornalista Júlio Barroso. O músico, que na ocasião estava acompanhado de Cazuza, retrata o desespero de perder seu parceiro e a incerteza que cercava sua carreira. Lobão conta também como se tornou “assessor de imprensa” do Comando Vermelho quando foi preso com porte de droga.

Tognolli recorreu a bancos de dados e fez uma pesquisa massiva em cima de tudo o que já foi publicado sobre o músico para colaborar com a biografia. O resultado é assustador. Denúncias e processos mostram que a imagem negativa e sempre às margens da música brasileira que Lobão ganhou foi fruto de uma “teoria conspiratória” de conteúdos somados ao que a imprensa publicava a seu respeito e documentos judiciais.   Isso fez com que seus atos tomassem formas de efeito dominó. De acordo com o próprio músico, o livro é sua chance de mostrar que não foi nada daquilo. A sua chance de recontar sua própria história.

E para o lançamento do livro, Lobão decidiu disponibilizar duas músicas inéditas para download gratuitamente, confira as letras dessas músicas:

SONG FOR SAMPA
Eu ainda nem senti
o que faz você brilhar
e os automóveis passam pelas ruas
Caminhando com ninguém
a cidade ao meu redor
eu quero um alento para um recomeço
e vai acontecer eu vou te encontrar
pra gente sair, sonhar feliz pelas noites sem luar
e de que vale o céu se a nebulosa de faróis
vem me dizer que isso é pra sempre
Passageiros no metrô
rua Augusta e roquenrou
eu penso, essa é minha cidade
eu jamais vou te esquecer
vou sempre te amar
mesmo em algum tempo depois do futuro

Das tripas, coração
(pro Júlio Barroso, Cazuza e Ezequiel Neves)

Quem foi que disse a você, quero saber,
Que perder é o mesmo que esperar?
Quem é que vai ficar tranquilo, perdido
na beira do abismo, sangrando?
E se você pudesse ter alguém de joelhos a teus pés
A pedir o teu sinal,
Sussurrando todo o seu calor na tua orelha,
Procurando por uma palavra que não fosse em vão,
Que fizesse você compreender...
Que abandono meu lugar
Rasgando as veias,
Derramando meu amor
Pelas areias.
Anuncia um lindo Sol Radiante:
A última alvorada em teu semblante,
E na perfeição de um céu sem sombras
A gente vai se encontrar.
E das tripas, coração… mais uma tarde
Pra levar o meu amor pra eternidade.
Meu amigo, por favor me aguarde,
que a gente vai se encontrar.
Quem é que vai zombar desse deus
trapaceiro nesse Rio de Janeiro?
Quem é que vai anunciar a próxima atração?
E uivar pra Lua cheia
A gargalhar os tormentos do mundo?
Quem é que vai ficar sorrindo,
Jogando palavras ao mar,
Vendo a terra toda estremecer?
Quero saber quem é que vai guardar
Toda essa dor
De ficar,
sozinho, no convés, sem a tripulação? …
Sou eu…

Para fazer o download, basta preencher um pequeno cadastro aqui!

E as surpresas não param por aí! Foi disponibilizado também um trecho do livro para que possamos ter idéia do que esperar de seu conteúdo.
Faça o download, leia e tire suas próprias conclusões. Clique aqui para baixar o trecho em formato PDF!

Confira a gravação de uma jam session, o chat feito com o Lobão e muito mais!

 

 

 

Compre o livro on-line aqui!

 

Mais informações:

- Site Oficial: http://www.lobao.com.br
- Site do Livro:  http://www.ediouro.com.br/50anosamil
- Twitter: http://twitter.com/lobaoeletrico
- Facebook: http://www.facebook.com/joao.filho1
- MySpace: http://www.myspace.com/lobaouniversoparalelo
- Tumblr: http://josoylobon.tumblr.com


Via Catraca Livre / Lobão / 50 Anos a Mil

Nenhum comentário:

Postar um comentário